+351 914 630 863 info@hospvetaveiro.com

Leishmaniose Canina

Leishmaniose | Vacinação

A Leishmaniose é provocada por um parasita transmitido pela picada de um mosquito especifico. É uma doença grave e potencialmente fatal (para além de ser transmissível ao Homem). Os seus sintomas variam conforme o grau e tipo da doença (ex: perda de pêlo, feridas, emagrecimento, perda de apetite, aumento exagerado do tamanho das unhas, insuficiência renal, etc.).

Quando os dias ficam mais longos e quentes a actividade destes mosquitos aumenta e por isso é necessário proteger o seu animal, poderá fazê.lo através de desparisitantes que repelem mosquitos e através da vacina especifica.

A Leishmaniose Canina é fatal caso não seja tratada.


Caso os donos não optem pelo tratamento, é obrigatória a eutanásia do animal, uma vez que sem o tratamento a doença é mortal e eleva o risco em termos de Saúde Pública. Esta obrigatoriedade advém do Decreto-Lei nº314/2003 de 17 de Dezembro.

Prevenção é a medida mais importante para a saúde do seu animal uma vez que os tratamentos existentes não permitem eliminar definitivamente a infecção, podendo os animais apresentar recidivas passados meses a anos. Adicionalmente, o custo médio para tratar um episódio de Leishmaniose pode facilmente ser superior ao custo da prevenção da doença durante toda a vida um cão.

De entre as medidas preventivas destacam-se:

– Uso de produtos que diminuem as picadas do flebótomo nos cães como determinadas coleiras ou pipetas.

– A vacinação! Recentemente foi produzida uma vacina contra a Leishmaniose que permite uma maior protecção do seu cão!

– Evitar os passeios, sobretudo entre o entardecer e o amanhecer, pois corresponde ao período de maior actividade dos flebótomos transmissores.

– Assegurar um bom estado de saúde do animal, para proteger o seu sistema imunitário. Uma boa alimentação, a vacinação e a desparasitação regulares são outras medidas de prevenção que ajudam o seu cão.


Outros conteúdos

Ligar Agora+351914630863
Close Bitnami banner
Bitnami